Yacht Club Santo Amaro

English
English

Fechar

Notícias

Dupla do YCSA representa o Brasil no World Cat

Evento ser realizado na Alemanha

Todos os anos o PROSAIL EVENTOS convida apenas as dez melhores equipes da grande nação Hobie para participar de um evento em frente a milhares de espectadores e em um dos mais espetaculares pontos de vela do Mar do Norte: Sylt, Westerland (Alemanha).
 
O primeiro critério para indicação por parte da ABCHC foi o melhor resultado na soma do SULAMERICANO 2014, BRASCAT 2014 e PRÉ-PAN 2015. O segundo critério foi a aceitação das regras estabelecidas pela organização e pela ABCHC. Assim, a indicação vai para a dupla Marcos Ferrari (Pará) e Caroline Sylvestre, velejadores de São Paulo, e que já se comprometeram em honrar a nossa bandeira no evento mundial.
 
Segundo o velejador Marcos Ferrari, que já participou do evento em edição anterior, o certame “é realizado em mar aberto, em uma praia de surf; portanto quebram ondas no local onde os barcos saem e retornam do mar. Desta forma, o risco de avaria do equipamento e de contusão para quem não está adaptado a estas condições é grande. É fundamental o domínio do idioma estrangeiro; isto, em uma emergência, é determinante para ajudar a manter a integridade de seu equipamento, ou, até mesmo salvar sua vida.
 
Como as chegadas, na maior parte das regatas, são na areia, é necessário cruzar a arrebentação mais de uma vez durante cada dia. No ano passado a Carol e eu participamos do evento e vimos a proeira da equipe canadense quase morrer afogada na arrebentação após o veleiro deles capotar para trás (em uma onda igual a que estamos atravessando na foto) e ela ficar presa sob a água entre o barco e as velas e cabos, pois o mastro quebrou com o impacto na água. Sorte dela que a equipe de salvatagem agiu de forma rápida e precisa. Como as temperaturas são muito baixas, principalmente a da água, é obrigatório o uso de Dry Suit e roupas que te mantenham aquecido, evitando a hipotermia.
 
Toda manhã, germanicamente às 08:00hs, é realizado o café-da-manhã com os patrocinadores, no qual os atletas são chamados para dar entrevistas sobre assuntos referentes a seus países de origem, performance nas regatas e manifestarem sua opinião (obrigatoriamente sempre elogiosa) sobre o evento. Detalhe, neste horário, é de bom tom que os atletas já tenham montado seus barcos, pois as velas representam a bandeira de seu país (e que você já está presente) e mostram aos patrocinadores que o campeonato é bem organizado. Após o café, entra o período de "stand by", no qual os velejadores ficam à disposição dos organizadores até o final do dia, interrompido apenas para pequenos lanches.
 
Como o pôr-do-sol ocorre apenas por volta de 20:30hs, é comum a última regata do dia ser realizada por volta das 18:00hs com temperaturas menores e ventos ainda mais fortes. Detalhe, a autorização para os atletas desmontarem os veleiros ocorre por volta de 22:00hs. Então, mesmo que você tenha ido rapidamente ao hotel para tomar banho e colocar roupas quentes, terá que retornar à praia para desmontar seu barco.  É um evento "casca grossa" que exige preparo físico e principalmente psicológico, muito grande. A Carol e eu contamos com recursos do nosso patrocinador para pagar todas as despesas e estamos treinando especificamente para o World Cat desde o final do Sulcat (pois já havíamos sido sondados pelos organizadores há alguns meses, inclusive estamos surpreendidos com seu comunicado).
 
Entre outros eventos, iremos participar novamente da Semana de Kiel, no norte da Alemanha, de 20 a 28 de junho, como parte da preparação.  Fizemos uma preparação muito forte para competir lá no ano passado; ficamos em 5° lugar geral, inclusive vencendo uma das regatas. Neste ano estamos trabalhando duro para conquistar um resultado ainda mais expressivo. ”  
 
 
 
 
 
 
 


Compartilhar esta notícia:

  • Atlatimar
  • Porto Pacuba
  • Race in Sail
  • Sail Brasil
  • Tom & Cat
  • Karl Stanzel Fotgrafo
  • Sailing Solutions
  • Regatta
  • Notcias Nuticas
  • Jornal Almanutica

Notícias Relacionadas

Endereço: Rua Edson Régis, 481 - Jardim Guarapiranga

São Paulo - SP / Brasil CEP: 04770-050 - Como Chegar?

Telefones: (11) 5687-8847

Cadastre-se e receba nossa newsletter

Campo obrigatório.Verifique seu email.