Yacht Club Santo Amaro

English
English

Fechar

Notícias

Veja como Scheidt e Arthur L. venceram o SULAM de Star

Robert Scheidt e Arthur Lopes do YCSA foram os grandes campees.

Duas semanas atrás aconteceu no Iate Clube do Rio de Janeir, o Campeonato Sul-Americano de Star 2018. Foram quatro dias de regatas emocionantes (08 a 11/11)
 
Robert Scheidt e Arthur Lopes do YCSA foram os grandes campeões. E foi com emoção. A dupla venceu a primeira regata, para, na sequência, cruzar em segundo na última prova da competição. Com isso, saiu do quarto lugar na classificação geral, com 20 pontos perdidos, para a liderança, com 14, após os descartes. Contudo, a dupla Lars Grael/Samuel Gonçalves obteve os mesmos resultados no último dia da competição, mas invertidos – segundo e primeiro lugares – e chegou a mesma pontuação. O título foi decidido apenas no terceiro critério de desempate. Estavam iguais em número de vitórias (duas) e segundos lugares (um). A terceira posição obtida no sábado (10), deu a taça a Scheidt/Lopes.
 
“Foi um domingo bom no Rio de Janeiro, com vento forte e sol. Honestamente, para mim é inacreditável conquistar esse título. Começamos o dia distantes do primeiro lugar e eu acreditava mais na possibilidade de um pódio. Mas foi um dia bem velejado. Estou feliz e  surpreso por virar o jogo nas últimas regatas. E foi a primeira vitória importante com o Arthur Lopes. Havíamos ganho o Campeonato Paulista, mas vencer o Sul-Americano é importante para a gente”, comentou o maior medalhista olímpico do Brasil, com cinco pódios, e que tem patrocínio do Banco do Brasil e Rolex e apoio do COB e CBVela.
 
A conquista do título estadual da classe Star da parceria Scheidt/Lopes foi em Abril, no Yacht Club Santo Amaro, em São Paulo. As águas cariocas trazem boas lembranças para Robert. Há um ano, ele ganhava a Taça Royal Thames, competição disputada no Iate Clube do Rio de Janeiro. Na época, seu proeiro era Henry Boenning, o Maguila. Antes de iniciar o sul-americano 2018, o bicampeão olímpico aproveitou o tempo livre para treinar com Boenning, com quem fará dupla na final da Star Sailors League, em dezembro, nas Bahamas.
 
O tempo não ajudou os velejadores no Rio de Janeiro nos primeiros dias do sul-americano. No primeiro dia, na quinta-feira (8), as regatas foram canceladas por falta de vento. Na sexta, apesar de as condições meteorológicas continuarem difíceis, foram três provas. Scheidt e Lopes foram melhorando o desempenho ao longo do dia. Começaram com um nono lugar, subiram para sétimo na prova seguinte e terminaram cruzando a linha de chegada na liderança na última regata. No sábado, mantiveram a regularidade com um terceiro lugar e, domingo, apresentaram o melhor desempenho com mais uma vitória e um vice na prova final.
 
O Brasil dominou o Campeonato Sul-Americano do Rio de Janeiro, que contou ainda com competidores da Europa. Entre os 20 barcos participantes, 16 competiram sob a bandeira verde-amarela, dois eram argentinos, um italiano e um holandês. No pódio, Robert Scheidt/Arthur Lopes e Lars Grael/Samuel Gonçalves tiveram a companhia de Jorginho  Zarif/Ubiratan Matos. No geral, os oito primeiros colocados foram brasileiros.
 
Matéria: ZDL
 


Compartilhar esta notícia:

  • Atlatimar
  • Porto Pacuba
  • Race in Sail
  • Sail Brasil
  • Tom & Cat
  • Karl Stanzel Fotgrafo
  • Sailing Solutions
  • Regatta
  • Notcias Nuticas
  • Jornal Almanutica

Notícias Relacionadas

Endereço: Rua Edson Régis, 481 - Jardim Guarapiranga

São Paulo - SP / Brasil CEP: 04770-050 - Como Chegar?

Telefones: (11) 5687-8847

Horrio de Atendimento:

De tera a sexta-feira: 8:00h s 18:00h

Sbados, domingos e feriado: 9:30h s 17:00h

Cadastre-se e receba nossa newsletter

Campo obrigatório.Verifique seu email.